10.12.08

Pendente

56 profissionais de rádio e tv que trabalharam na campanha de Priante (PMDB) no segundo turno das eleições ainda não viram a cor da metade do cachê acertado com a produção do candidato. Já se organizam para procurar a Justiça.

23 comentários:

Alan Lemos disse...

Infelizmente até no Sul do Brasil é assim... tenho um amigo marketeiro por lá: fala da bonança que é quando o candidato ganha e da penúria que é, quando perde.

Afinal, quem vai querer pagar o combustível de um barco que já naufragou?

angelcam disse...

Não, Alan, não é assim.
Pergunte ao Orly Bezerra, aí da sua terra, como agir quando se perde uma, muitas, quase todas as campanhas de uma mesma temporada.
Orly, também nesse campo, dá aula de dignidade, eficiência, transparência, honestidade e cumprimento de palavra.
É por isso que quando ele perde, nunca perde sozinho. A gente estará sempre do lado dele.
Não bastasse ele, ainda tem o Afonso Klautau, outro belíssimo exemplo de retidão contratual.
Então, meu caro, deixar de pagar não é a regra. É exceção, excesso de bandidagem.

Tim Penner disse...

Trabalhei com Orly em campanhas por quase 20 anos.

Trabalhei também na última campanha do PMDB, ao lado de José Priante.

Quem dera a honradez do Bezerra fosse exemplo para todos os que contratam profissionais epndentes de salários e cachês.
Ainda acredito que, mesmo perdendo, todos os candidatos pretendam resolver suas questões financeiras de forma amigável, sem a necessidade de desgastantes embates burocráticos . Isso seria péssimo para a reputação de alguns e os bolsos de todos.

Tim Penner

Juvencio de Arruda disse...

Grande Tim!
Tb acho que tudo será resolvido amigavelmente. Senão...a "burocracia" tá aí pra isso.
Abs

El Cid disse...

Será que daqui há dois anos ninguém vai lembrar desses fatos?
Pelos exemplos que vemos diariamente com os políticos, não me surpreende atitudes como a do Priante.

Sergio Nunes disse...

Concordo com o Tim Penner,

Acredito q com o valor q o candidato Jose Priante repassou pra produtora, se houvesse um pouco d bom senso e respeito aos q trabalharam nessa empreita, jah poderia ter sido pago a todos, mas infelismente nesse meio temos os q se sujam e esquecem q haverão outras e outras campanhas pela frente e os profissionais continuam....

A produtora que contratou os profissionais jah deveria saber..

QUEM NÃO PODE COM O POTE, NÃO PEGA NA RODILHA...

Anônimo disse...

Juca, antes fosse só a produtora que o Pirante estivesse devendo! o Buraco é muito grande....vem bomba por ai....fala-se ate de ação judicial, que pode influir na prestação de contas, já que como de praxe, muitas despesas não foram contabilizadas!

Anônimo disse...

Será que essa dívida toda do Priante foi declarada em sua Prestação de Contas à Justiça Eleitoral?
Cadê o Ubiratan Cazeta?

Anônimo disse...

A produtora recebeu menos da metade do valor do segundo turno e pagou a metade do valor dos profissionais.Não conheço nenhuma estória envolvrendo a produtora com calotes.

Pascoal disse...

D. Juca,
Orly e Afonso nem deveriam estar sendo citados nos comentários sobre este post. E, se os cito, é apenas para exemplificá-los como o contrário da regra quase geral em campanhas.
Enquanto a maioria enrola por meses (ou anos) a fio e às vezes nem paga o que deve, Orly e Afonso honram o acordo com os profissionais contratados desde o primeiro momento. Pagam o certo e o acertado independente do resultado das urnas.
Nao a toa, às vésperas de campanhas, eles é que são procurados pelos profissionais e não o contrário.
Trabalhei com os dois em várias campanhas. Me alegro em dizer que recebi tudo o que foi acertado, assim como me orgulho em ter assistido a verdadeiras aulas de marketing político.
Dei a sorte de, aqui no Acre, também ter trabalhado com gente honesta na campanha que passou, ajudando a eleger em primeiro turno o prefeito de Rio Branco, Raimundo Angelim e a maioria na Câmara Municipal de Rio Branco.
Guardo a esperança de um dia poder voltar a trabalhar com a dupla Orly/Afonso não somente em campanhas políticas mas em qualquer projeto que eles tenham em mente.
Há gente honesta nos bastidores das campanhas, sim.
Fica o conselho aos colegas: antes de cederem ao "canto da sereia" de alguns "marqueteiros", façam uma pesquisa entre a própria categoria e perguntem quem é quem na hora do pagamento.
Quem já trabalhou em campanha, sabe. Alguns, infelizmente, o sabem da pior forma possível.
Grande abraço, D. Juca.

Anônimo disse...

Discordo do Sergio Nunes Pirante. Faltou bom senso à produtora sim, mas em trabalhar para o Pirante, sinônimo de derrota e calote certos.
O Pirante deu calote na Verve e na produtora que fez a campanha dele pra governador.
Deve uma grana para um ex-amigo que prestou serviço na campanha dele a deputado Federal.
Enquanto os mais de 50 profissionais se debatem para receber pelo belo trabalho realizado, Pirante e seu coordenador de campanha estão em São Paulo, em um dos SPAs mais caros do país e já agendaram o Ano Novo em Nova York com todas as mordomias que o Pirante e seu parceiro gostam de usufruir.
Bote quente Walter, não deixe barato. A chance de desmascarar essa quadrilha é agora.

Walter Jr disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
angelcam disse...

kkkkkkkkk....
Uns não sabem que os coments tem uma dinâmica própria de leitura...
Outros nem ler sabem...
Tem até quem pegue carona para limpar a barra....kkkkk, Juca, sabes quem é!
...E ainda tem uma tal de Adelaide...kkkkk
Blog é bom demais!!!!!!!!!!

Pascoal disse...

D. Juca,
Só agora vi o nome de Walter Júnior ligado ao caso. A distância e o envolvimento em campanhas por aqui não me permitiram acompanhar de perto o quem é quem das campanhas no Pará.
Aos reclamantes, tenham certeza: no que depender de WJ, vai ter grana sim.
Walter é sério. Sempre foi, em todas as campanhas que participou.
Se os reclamantes não lembram do acordo que fizeram ou não tem paciência.... paciência!

Anônimo disse...

Bom Pascoal,
falar isso pra vc q n trabalhou na campanha eh muito facil.
lembrando q os reclamantes q vc fala, são PROFISSIONAIS QUALIFICADISSIMOS no mercado paraense, n foi a toa q a equipe levou o candidato a um ponto d destaque nas eleições. Vale ressaltar tb q todos os profissionais q trabalharam com WJ confiam no seu bom senso, e paciencia todos estão tendo ha muito tempo....
abs...

Anônimo disse...

Bom, hoje 15 de dezembro, se encerra o prazo estipulado pelo Sr. José Priante para o pagamento da segunda metade dos valores dos mais de 50 profissionais de rádio e TV que trabalharam em sua campanha. Para que caiam por terra todas as especulações e mal dizeres a respeito de sua conduta ética e política, assim como foi explicitamente ressaltado por seu coordenador Walter Júnior, estamos esperando um bom desfecho para este caso.

cris disse...

Eu gostaria de dizer que trabalhei na campanha de PRIANTE, por confiar em su discurso, confiei e continuo confiando. Claro que todos estão aflitos por receber, o que é prefeitamente compreensível. Acredito nele como politico, e como tal, ele sabe que deve honrar com seus compromissos em nome de sua própria imagem e conceito. Confio ainda, poderei não confiar sempre, aí procurarei meios de receber. Mas por enquanto confio em Priante e Walter.Lembrando que hoje é dia 15...

Anônimo disse...

Amigos navegantes, creio que não receberemos mais esse dinheiro, ate mesmo pq o jogo de empurra continua. Ninguem sabe ao certo quem deve quem, segundo o walter Junior, Coordenador da campanha e dono da produtora, Priante ainda não se pronunciou em realizar o pagamento dos profissionais, na verdade ninguem sabe se o Priante sabe que está devendo os profissionais, já que o que ele repassou pro walter junior, daria tranquilo pra pagar.
De qualquer maneira, quem deve aos profissionais não é o candidato Priante e sim o coordenador e dono da produtora, walter junior.
esperamos piamente um acordo, mas senão houver a coisa vai ficar feia.

Juvencio de Arruda disse...

Conversei ontem de manhã com Walter Junior e ele me disse que espera que Priante resolva antes do Natal a pendência existente.
Vcs estão certos de cobrar.

Anônimo disse...

ACABA DE SER ANUNCIADO O CALOTE DO CANDIDATO JOSÉ PRIANTE. SEGUNDO O COORDENADOR DE CAMPANHA WALTER JUNIOR, PRIANTE SE NEGOU A PAGAR A DIVIDA.
APARTIR DE AGORA OS PROFISSIONAIS, ESTARAM TOMANDO AS DEVIDAS PROVIDENCIAS.
INFELISMENTE NÃO SE DEVE CONFIAR EM POLITICOS, SE JOSE PRIANTE DEU O CALOTE NA EQUIPE QUE O APOIOU IMAGINA O QUE ELE FARIA COM BELEM.
DEUS É JUSTO

Anônimo disse...

O anônimo das 7:24 está muito bem informado sabe até que o valor repassado daria tranquilo pra pagar. Só três pessoas sabem de repasses:o Walter, o Massoud (o verdadeiro coordenador da campanha) e o Priante (pra quem todos trabalharam). O Walter chamou os técnicos que participaram da campanha para uma reunião hj as as seis e meia da tarde. Dizem que ele vai abrir a caixa preta da TV e mostrar a todos o que foi e o que não foi repassado. Atenção procurador regional eleitoral Ubiratan Cazeta o endereço é Rua de Óbidos, 572 na Cidade Velha.

Walter Jr disse...

O anônimo das 12:17 está mentindo. NÃO ANUNCIEI CALOTE NENHUM.

Anônimo disse...

Gostaria de desejar um "Feliz Natal" e um "Próspero Ano Novo" para todos que, como eu, ficaram A VER NAVIOS com relação aos 50% que nos resta receber do Sr. Priante via Walter Junior. Esperamos que eles lembrem-se que enquanto passam o Natal e o Reveillon entre ceias, espumantes e presentes, nós estaremos de BOLSOS VAZIOS e com o saco CHEIO DE PROMESSAS NÃO CUMPRIDAS.