24.4.09

Na Real

O arrocho chegou de vez ao estado do Pará.
Um decreto publicado hoje no DOE contingencia 30% das dotações de "Outras Despesas Correntes"; limita o horário de funcionamento dos órgão até as 14:00h; redução em 20% dos gastos em energia, telefone, combustível e material de consumo e diárias e passagens para fora do estado estão suspensas por 90 dias.
O último artigo do decreto permite renovar as restrições por mais 90 dias.
Outros cortes, em investimentos e obras, já foram anunciados aos secretários. Algumas ações serão adiadas para o segundo semestre e até para o ano que vem.

27 comentários:

Anônimo disse...

e quanto se gastou nos novos uniformes da PM...seria necessário isso agora, ou mais uma ação do governo terra de direitos...???? com a palavra os Blogs

Anônimo disse...

E as nomeações de aspones, das's companheiros e demais penduricalhos, serão cortados ou continuará a festança?!
Advinhem...

Bia disse...

BOM DIA, JUCA QUERIDO!

Caixa alta pra marcar a saudades e esta ausência forçada por trabalho, saúde um pouco instável e um micro doméstico paralizado..rsrsrs...
Mas, não dá pra perder o chiste (gostou?): a marola do presidente tá fazendo onda aqui, né?

E qual a proposta - além da redução do cafezinho e da falta de critério para a paralização de algumas ações e a manutenção de outras - que dará folego aos cerca de 80% dos municípios paraenses que vivem exclusivamente de transferências? A queda de fevereiro para janeiro já foi de 30,5%. E, se pergunto, ainda que com ironia, é porque leio, leio, leio e não a enxergo a partir das instituições. E como não quero que nada piore, mais do que já está, espero sua luz. Sou do tempo em que quanto pior, pior mesmo. Não faço essa torcida.

Beijão.

Juvencio de Arruda disse...

QUERIDONA, vc sabe que faz falta por aqui.
Cuide-se, e de seu micro.
Gostei do chiste..rs
Seguinte, o bicho pegou as contas estaduais. E pegou no centro, como diz o caboco ( não o Jatene, claro).
Não tem saída de curto prazo, não há solução que dispense alterações estruturais na questão fundiária e fiscal, entre tantas.
Os repasses aos municípios tb são de natureza federal, e agravam os atrasos dos repasses estaduais.
Muitas marolas pela frente.
Bjão, queridona.

Anônimo disse...

Tomara que a Marola não atinja o bolsinhos dos servidores públicos estaduais... ai meu Deus!!

Anônimo disse...

Sim Sr.ou Sra. Anônimo(a), tomara mesmo, vamos orar, acender vela, acompanhar o círio, ir no terreiro, falar com Pastor... enfim, não nos resta apelar pro lado espiritual pois O CORTE FOI NA CARNE!!
Ai minha Nossa Senhora dos Estatuários... rogai por nós!!

Anônimo disse...

Os municípios que vivem exclusivamente de transferências...

Taí um problemão!

Problema que só é pior, porque um monte de municípios que NÃO deveria viver somente de transferências, prefere permanecer nessa condição.

É aquele município cujo prefeito, politiqueiramente, nada faz pra cobrar ISS nem IPTU.

Como o IPTU não é cobrado, a taxa do lixo -- que vem junto -- também não é cobrada. O lixo fica sem receita (mas não sem despesa, pelo que consome a receita que deveria ser destinada a outras finalidades).

Esse município acaba exercendo um peso extra sobre as finanças do Estado. Peso que, se não existisse, ou se fosse menor, não atrapalharia tanto a ajuda de que necessitam os municipios de menor porte, que não têm alternativa senão viver exclusivamente de repasses.

E, como sempre aparece alguém pra apontar culpados... é só ver quem vem apoiando, há décadas, a eleição desse tipo de prefeito.

Aí chegará junto.

Eliene disse...

Mas uma vez o servidor público vai pagar pela incompetencia do Governo. Cortam as horas extras e o tempo integral, que fazem falta no final do mês ao servidor. É claro que se ele ganhasse um salário digno não precisaria dessas gratifições, mas elas acabam sendo uma peça fundamental na renda do servior.
Ai eu pergunto, porque o governo não diminui o número de assessores especiais, que em via de regra, não fazem nada, nada mesmo.Porque o governo continua nomenando DAS, gente que lotado nas secretarias apenas pra ocupar espaço, não produzem nada.
Porque tantas secretarias com atividades afins: sema/ideflor, seir/cepe, sagri/sepaq. Será que é para abrigar os amiguinhos politicos? mulher de deputado, ex-marido, ex-namorado e assim por diante.Dessa forma, não se governa, é brincar com a dignidade do servidor.
É tanta viagem, diárias, pra fazer nada, não trazem nenhuma coisa concreta para o estado. Assim não dá, eu pensava que este Governo ia ser diferente, mas são todos do mesmo panela.

Anônimo disse...

Será que tal decreto vale para a COSANPA, esta empresa que neste Governo tem mais Chefes e cargos em comissão de que efetivos. Se valer onde o PT/PMDB, arranjarão empregos para a companheirada? Tem gente que é chefe agora e não sabe a diferença de agua e gasolina.´E a população a sofrer com isto.

Anônimo disse...

Ótimo. Tem muita gente que já não faz nada. Agora, esse monte de gente vai ter que fazer de conta que faz só até às 14h?

Anônimo disse...

Aos Anonimos das 3:35 e 4:18 - Se esta teoria que diz: não falte ao trabalho porque podem descobrir que voce não faz falta; valer para este Governo a onda de desemprego deve aumentar. O Governo poderia informar onde tem tantas mesas e cadeiras para que os 1.500 servidores comissionados prestem os seus seriços na Casa Civil e Governadoria? Ou será que eles trabalham todos de pé.

Anônimo disse...

Concordo agora terão que da conta até as 14:00h.
Dia desses fui a um orgão Estadual que não estava trabalhando por falta de INTERNET, tirando a má vontade dos servidores( Sem Generalizar é claro)mais sabemos que acontece e muito...
Ano passado precisei ir no ITERPA achei até graça de várias placas informando dos direitos dos Servidres Públicos que não podem ser mau tratados e etc..E o público pode?E os nossos direitos?
Agora falarão que não dão conta do recado por que o horário foi reduzido.
ENFIM...
Tudo é desculpa pra não trabalhar.
Fiz concurso eu posso tudo!!!

Anônimo disse...

Sera que estas sao s razoes para estar o PREFEITO DE IPIXUNA EVALDO almocando com PUTY recentemente em churrascaria

Anônimo disse...

e a PM sem carros,motos, combustivel,armamento recebendo uniformes novos.
sera mais importante o uniforme, ou a seguranca publica?
esse e o Para terra ausente de direitos

Val-André Mutran disse...

Mestre a coisa toda é muito simples.
Se Lula não se mexer o salário de maio vai atrasar.
Anote.
Abs.

Juvencio de Arruda disse...

Bom dia, Mestre Val-André.
No lo creo.
Não quero crer...rs
Mande um abs pra D. Lucia.
E outro pra vc.

Anônimo disse...

O enxugamento tem de comecar pela farra dos mais de 1.500 DAS, pelos alugueis de carros oficiais, de celulares com contas liberadas, passagens aéreas nacionais e internacionais,das escancaradas diárias e suprimentos de fundo e pela exoneração da praga dos temporários que continuam sendo contratados neste governo, mesmo tendo aprovados em concursos na fila de espera

Val-André Mutran disse...

Retificando.
Não fui claro no comentário anterior.
Me refiro ao salário dos barnabés do Estado "quebrado" pelaatual admistração que se fia em Lula.
Mais claro impossível mestre.
Quer apostar um almiço no Porcão?
O Estado do Pará tá quebrado. Deve os "turros".
A ataual administração do Estado do Pará movimenta-se com emoção e não com a razão.
Lula é a saída.
Maio bate à porta.
Que tal um almoço no Porcão?

Juvencio de Arruda disse...

Nem me fale no Porcão, mestre..rsrs
Abs

Val-André Mutran disse...

Fica deselegante da minha parte começar a pautar os coleguinhas estrelados, não achas?
O Pará não tem dinheiro nem para as contra-partidas, ok?
Abs.

Juvencio de Arruda disse...

Foro íntimo...eheh

Val-André Mutran disse...

Uma pergunta mestre:
- Como ficou o resultado das negociações de reajuste da SEFA?
Você já viu a arrecadação?
Cresceu um espetáculo não não é mesmo?
Cresceu?

Juvencio de Arruda disse...

Continuam as negociações salariais
os últimos dados de arrecadação mostraram um crescimento de + ou - 3% em relação ao mês de fevereiro do ano passado.
Caiu também, em proporções muito maiores, os repases federais.

Anônimo disse...

Neste atual Governo do Estado tem até Chefe com cargo comissionado que é chefe de rouparia da Governadoria do Estado. É a companheirada se beneficiando do poder!

Anônimo disse...

É impressionante como tem gente que ainda tem a mentalidade que Servidor Público (seja concursado ou comissionado) só vai cumprir horário e devem está rindo pelas paredes pelos cortes anunciados. Mas as coisas não são bem assim...tem servidor que rala pra caramba...cumpri horário direitinho..sofre desmandos politicos...sofre assedio..enfim..o corte da GTI pegou muita gente de surpresa...em média vão ser R$300,00 a menos no salário...valor em regra p/ o pessoal de nivel médio....a falta q isso vai fazer...pra quem ganha apenas 1 salário...é muito grande..ninguem trabalha 8h pq quer...e sim pq precisa...Servidor Público tem direito a estabilidade?? Tem sim...mas tb pode ser demitido (tá lá no RJU)e tem mais...demitido sem direito nenhum!! Servidor Público não tem direito a FGTS (é engraçado como nunca ninguém lembra disso)... Servidor público pra receber um salário ou 13° proporcional...quando é exonerado ou pede exoneração..demora uma vida....(os prazos estabelecidos na CLT não serve p/ o patrão "Estado")acha que servidor público ganha rios de dinheiro sem fazer nada é um verdadeiro equívoco...é claro que existem exceções...mas em qualquer lugar existe..pode apostar!

Anônimo disse...

É muito simples oq tá acontecendo...um descontrole total ocorreu...essa crise está sendo anunciada há tempos...na verdade já deveríamos está saíndo da crise...mas não aq pelo visto agora que ela apareceu...a SEPOF devia ter comunicação direta com a SEFA, desde o 2° semestre do ano passado já era pra tá economizando...e assim os servidores públicos não pagariam o pato...mas oq aconeteceu?? a SEPOF continuou liberando "quotas" e a SEFA nada de repassar a grana...e pq continuaram liberando quotas?? Pq compraram kit escolar, uniforme novos para PM, festa em comemoraração ao Dia do Servidor com Alcione??? Me digam o pq??? Se a crise tava aí escancarada pra quem quisessem ver?? Pq não fizeram outro tipo de economia...ao invés que de vir tirar o pouco que o servidor ainda ganha, esses serviodores, os quais foram cortada GTI's e Horas Extras, são os que geralmente tem como vencimento base 1 salário minimo...e ai?? cortar R$300 do nada.......pra quem ganha 1 salário...é muita coisa...sobrevivam..Senhora Governadora e Senhores Secretários com 1 salário!!!!! Pra vcs verem oq é bom....lastimo muito por esse des"governo".....é o caos...e vcs ainda vão falir muita empresa do Estado, com essa inadimplência, pois desde outubro do ano passado, não pagam ninguém direito...é lamentável!! Primeiro foi o golpe da mudança de data de pagamento, agora esses cortes...kd este sindicato que não faz nada?? Não se manifesta...é tudo arbitrário..o Governo decide as coisas "do nada" dormimos com a sensação do..."amanhã oq será que vai acontecer??.. com qual notícia ruim irei despertar??" Mas...tenho fé em Deus que essa "marolinha" irá passar e que sobreviveremos, pois já diz Chico Buarque..."Apesar de vcs amanhã há de ser outro dia"..."Tem dias que a gente se sente, como quem partiu ou morreu,a gente estancou de repente..." E estancamos mesmo!!
Eis um desabafo!!

Anônimo disse...

Como sempre que "vai pagar o pato" é o servidor público.
No DETRAN, já está anunciado o corte da gratificação de tempo integral e da hora extra, exceto dos servidores lotados nos setores de atendimento de veículos, habilitação e fiscalização.
Entretanto, continuará funcionando internamente no horário de 8 às 17 horas, considerando os servidores que trabalham de 11 às 17 horas. Isto é a FESTA continua com o grande consumo de energia elétrica, telefonia e outros..
Considerando os baixos salários que os servidores recebem "QUE ECONOMIA !!!"
Será que começou já campanha e o PMDB quer extinguir com o PT ?????
Acorda PUTY !!!!
Acorda Ana Júlia !!!!!