21.4.09

Quem Vem Lá...

'No meu caso, há um ou dois bilhetes para familiares’
‘Agi como se a cota fosse minha propriedade soberana’
‘Confesso que caí na ilusão patrimonialista brasileira’
‘Vamos iniciar uma batalha para mudar essas regras’
‘O fato de errar não quer dizer que eu não vou enfentar’


Fernando Gabeira (PV) ontem, no blog do Josias.

As frases do deputado deveriam ser endossadas pelos 513 membros do Congresso Nacional. E pelos membros das legislaturas anteriores que também assim se comportaram. E mais beneficiados, parentes, aderentes e correligionários.
Um bilhete ou setecentos, propriedade indevida, ilusão patrimonialista, enfrentamento dos erros, tudo isso precisa ser resolvido, e urgente.
Por que a verdadeira batalha, a das ruas, pode estar começando.
E poderá não será ilusória, individual ou covarde, mas real, coletiva, corajosa.
Uma coisa certamente será: soberana.

15 comentários:

Lafayette disse...

Você não sabe que estão falando numa revolução? ...parece um sussurro.

Juvencio de Arruda disse...

Bom dia, Lafayette, sempre ligado.

Lafayette disse...

Viu. É o que ela diz: ...parece um sussurro.

Juvencio de Arruda disse...

Tem razão.
Não havia pensado nisso.

Anônimo disse...

Caro, parece que engoliste com açucar o que Gabeira falou, melhor, confessou. Pra começar, ele fala isso por ter sido descoberto, se não fosse, continuaria fazendo. pra terminar, pedir desculpar não é suficiente.

Anônimo disse...

Aplausos para a honestidade do Gabeira.

Anônimo disse...

O que será que será, que andam combinando no breu das tocas, que anda nas cabeças anda nas bocas, que andam acendendo velas nos becos, estão falando alto pelos botecos... O que será que será que todos os avisos não vão evitar,
porque todos os risos vão desafiar, porque todos os sinos
irão repicar, porque todos os hinos irão consagrar
e todos os meninos vão desembestar...
Evoé Chico! sempre atual...

Anônimo disse...

O que será que será, que andam combinando no breu das tocas, que anda nas cabeças anda nas bocas, que andam acendendo velas nos becos, estão falando alto pelos botecos... O que será que será que todos os avisos não vão evitar,
porque todos os risos vão desafiar, porque todos os sinos
irão repicar, porque todos os hinos irão consagrar
e todos os meninos vão desembestar...
Evoé Chico! sempre atual...

Anônimo disse...

Não roubei na minha vida pública. Nunca me apropriei do que não fiz por merecer com o meu trabalho. É isso que ensino todos os dias para os meus filhos. E é só isso que posso deixar pra eles, que é a minha honra.
Estou triste. Triste e envergonhado com tudo isso.
Pouco me importa se junto comigo estão todos os outros 512 deputados e tantos outros que exerceram o mesmo cargo e fizeram a mesma coisa.
Eu poderia fazer das minhas, as palavras do Gabeira, mas tenho o dever de vir aqui e me explicar para cada um de vocês.
Antes de mais nada, gostaria que cada um de vocês lessem a nota oficial da presidência da Câmara dos Deputados, que confirma que as cotas de passagens dos parlamentares sempre foram usadas livremente como cotas de cada deputado, e que a partir de agora serão feitas as mudanças necessárias.
Isso justifica alguma coisa ? Acho que não, mas me deixa mais tranquilo em poder provar pra vocês que não errei com dolo. Não me locupletei. Errei, como todos os meus colegas erraram.
Não fiz nada escondido, na calada da noite, pra tirar proveito pessoal.
De que adianta eu vir aqui agora e dizer que tudo precisa ser mudado ?
É difícil vocês entenderem de outra forma que não essa revolta toda que toma conta da opinião pública, querendo mudanças em tudo que se arrasta errado por tanto tempo.
Vamos mudar, sim. Vamos fazer o que a sociedade espera da gente. Mesmo que seja tarde.
Vic Pires Franco
Deputado Federal

Anônimo disse...

Mas o Gabeira não fez nada, pra mim isto é um ato de confissão. Isso por ter sido delatado.

Anônimo disse...

Isso é incitação à violência, mal camuflada, imbecilizada. Comentário dos quatro primeiros, mais dois do Chico Buarque com mesmo texto, dois anônimos e alguém que assina Vic. Vocês querem fazer graça, é?

Anônimo disse...

É por isso que voto no Vic e Valéria, eles dão a cara para bater, parecem até Jesus Cristo, mas queria saber se vai devolver o dinheiro das passagens gastas com convidados seus desde a primeira legislatura e não somente as de agora, isto é deste ultimo passeio a MIAMI. Isto é o que interessa, porque só passeia quem tem grana.

Anônimo disse...

Que papo furado esta desculpa esfarrapada do nobre Deputado Vic. Só faltei chorar!

Juvencio de Arruda disse...

Das 11:18, vc está parcialmente correto.
O que os ladrões estão fazendo com este país incita a violência civil.
Trata-se de um saque generalizado às escâncaras.
Mas não é imbecilizado não. Segue lógocas perfitamente compreensíveis.
Os quatro primeiros comentários
refrerem-se á música Talking About Revolution, de Tracy Chapman; nos dois seguintes o anônimos reclou duas vezes, e o último é uma nota do deputado Vic.
Realmente, a bandidagem quer fazer graça.

Prof. Alan disse...

Pera lá, comparar Vic e Valéria a Jesus é pesado. Vamos puxar saco e demonstrar subserviência, mas vamos pegar leve. Jesus jamais apoiaria o Falsário, por um minuto que fosse...