15.4.09

"É Pará Isso"

O jornal britânico The Guardian escolheu a mais bonita praia do Brasil.
É esta aqui.

15 comentários:

Prof. Alan disse...

É por isso que aqui em Brasília eu sinto o maior orgulho de dizer, quando falo do Pará: "ô terra paidégua!".

Anônimo disse...

Oo happy day...

abs.Mr.J

Anônimo disse...

É merecida a menção a Alter do Chão como a praia mais linda do Brasil.

Ana Marcia

Anônimo disse...

Já pensou você ter subir nos humilhantes ônibus imundos que circulam em Belém, debaixo de humilhantes chicotadas?

Anônimo disse...

Pará Terra de Direitos. Direito a dispor de uma maravilha natural como Alter do Chão.

Anônimo disse...

Caro Juvêncio.
A votação do Guardian foi muito legal. Mas acho que o prícipe Charles pode ter dado uma "mãozinha". Afinal, ele esteve em Santarém não faz muito tempo.
Abraços,

Anônimo disse...

Reconheço humildemente que meu ‘ingrês’ é ainda muito precário, mas pelo pouco que pude entender sobre a matéria publicada no The Guardian, em relação a Alter do Chão, não houve seleção da “praia mais bonita do Brasil”. E, sim, a escolha das dez mais bonitas. Parece a mesma coisa, mas há uma sutil diferença. O que ocorreu foi que: dez especialistas no assunto escolheram uma praia favorita no Brasil. Ou seja: cada um escolheu a sua. Pelo o que vem sendo publicado até agora dá a entender que os dez especialistas, juntos, elegeram Alter do Chão como a praia mais bonita. Mas não foi isso! Não há um ranking nessa história que diga que Fernando de Noronha é ‘menos’ do que Alter do Chão, por exemplo. A meu ver, a confusão ocorreu porque a opinião dos 10 correspondentes foi enumerada de forma didática. E o primeiro da lista a falar foi o Tom Phillips, The Guardian's Brazil correspondent - mas poderia ter sido outro, como Ricardo Freire, que escolheu a Praia do Toque, em Alagoas. Phillips começa dizendo que a praia mais bonita do Brasil não está no Rio de Janeiro e, sim, no coração da selva amazônica... Mas é a opinião isolada dele. Os outros também elegem as suas. (Ou será que a opinião do Tom Phillips vale mais que a dos outros? Creio que não.)
Vejam esse trecho: “we asked 10 experts to choose their favourites [beaches], from a river beach in the Amazon down to one of the country's hippest beach cities, Florianópolis. And if we've missed out your favourite, we'd like to hear from you”.
Enfim, se alguém me ajudar a entender esse pequeno imbróglio, agradeço profundamente – porque continuo achando que o sentido não é esse que vem sendo publicado nos jornais. Tudo bem que um dos especialistas tenha elegido Alter Chão como a mais bonita, isso é certo, certíssimo. Viva! Alter do Chão está entre as mais belas, sim. Só não acho certo desmerecer as outras, como se tivesse ocorrido um ranking. Todas as dez têm seus méritos.

Segue o link:
http://www.guardian.co.uk/travel/2009/apr/15/beach-brazil-top-10?page=all

Anônimo disse...

Só um adendo ao post que fiz às 11:16: a opinião dos correspondentes foi enumerada daquela forma de acordo com a localização geográfica das praias. Ou seja, do Norte para o Sul -o que percebi só agora e reforça ainda mais a idéia que defendi anteriormente.

Anônimo disse...

É, pode ter sido apenas um pequeno problema de entendimento - na melhor das hipóteses - ou simplesmente uma opinião direcionada ao que seria mais conveniente a nós paraenses. Concordo em número, grau e gênero sobre o comentário das 11h16.

Anônimo disse...

O importante é que ta listada.
Os parenses orientais deveriam conhecer mais para ter do que se orgulhar em momentos como esses que o Para atravessa.
Aceitem a nossa grandeza.

Anônimo disse...

É uma questão de informação, e não de grandeza.

Anônimo disse...

Parece que o debate bairrista começou a aparecer no Quinta Emenda novamente. Pensava eu na minha inocência que ele havia sido esquecido por nossos irmãos santarenos.

Não creio que o anônimo que postou a informação acima quis desmerecer a beleza da praia de Alter do Chão, que eu, apesar de nunca ter estado lá, considero sim como uma das mais bonitas do mundo. Muito menos demonstrar rancor ou inveja. Mais importante do que estas picuinhas, sua informação destrói mais um dos factóides de nossas pocilgas.

De fato, está escrito no trecho citado: "pedimos a 10 especialistas que escolhessem suas (praias) favoritas, desde uma praia de rio na Amazônia até umas das mais badaladas cidades de praias do país, Florianópolis. E, se esquecemos a sua favoritas, queremos ouvir de você." Fica claro que os especialistas indicaram suas favoritas, mas nossos jornalistas, na ãnsia de um furo, ou na ignorância do desconhecimento da língua estrangeira, tornaram-na a melhor do mundo.

De minha parte, considero Alter do Chão, Praia do Tucunaré, umas praias sem nome que fui próximo de Tucuruí, Joanes, Araruna, Pesqueiro, todas da ilha de Maiandeua, além daquelas praias maravilhosas que pude visitar uma vez num delicioso passeio de barco pela nossa inexplorada costa atlântica, que não tem nome e nem vou dizer onde ficam, as melhores e mais belas do mundo.

abs

Levi Menezes

Anônimo disse...

Juva, quando alguma coisa positiva é destacada por aí, usas o slogan do governo passado. Propaganda subliminar ou estás escancarando tua posição neoliberal, mesmo moribunda.

Juvencio de Arruda disse...

Não, foi só provocação mesmo, aos amigos separatistas santarenos.
O neiliberalismo, que não sigo ou professo nem defendo, está moribundo mesmo.
E vc? Em que posição está?
De bunda escancarada?...rs

Lafayette disse...

É o seguinte, Juva e demais, separatistas ou não! rsrsrsrs

O Ricardo Freire (que conheço pessoalmente) já disse, e me disse, que Alter-do-Chão é um buraco imperdoável no currículo.

Aliás, ele repete isso no seu site, ao publicar sobre a eleição das praias. Vejam aqui:

http://www.viajenaviagem.com/2009/04/10-praias-top-do-brasil-no-guardian-com-um-toque-deste-blogueiro/#comments

Inclusive, observem que ele foi o último a votar e não podia repetir, ou seja, Alter-do-Chão já estava escolhida por outro, que pode até ter sido por um inglês.

Ou seja, viva Alter-do-Chão!