12.4.09

Fique Comigo

Clip da Páscoa.

(Enviado por Dirceu Matrangolo - SP).

12 comentários:

Marise Morbach disse...

Adorei! O quanto há de universal e de popular nesta bela canção de John Lenon! Fique comigo!
Alegria e esperança, mesmo que por alguns instantes.

Itajaí de Albuquerque disse...

Cumpadi, não andava estes dias com a menor, a mínima vontade de postar nem comentar coisa alguma. Este seu post lavou-me de alegria e esperança. Ainda que, como diz Marise, por uns instantes. Mas, afinal, o que somos senão a soma de instantes!

Juvencio de Arruda disse...

Olá, Cumpadi, obrigado pela visita.
Nestes instantes que vc se refere, lembramos dos amigos.
Boa Páscoa pra vcs!
Abs

Juvencio de Arruda disse...

Guilherme, volte a postar este comentário amanhã, sem traquinagens, tá legal?
Este post não está aberto a comentários que fujam da temática pascal-musical.

Alcinéa Cavalcante disse...

Feliz Páscoa, querido!

Carlos Barretto disse...

SENSACIONAL!
Vou iniciar o dia, particularmente renovado.
Obrigadíssimo!

Juvencio de Arruda disse...

Tb reagimos assim cá em casa.
A indicação do Dirceu, nosso amigo e parceiro, arrebentou!
Obrigado a vc, Barretto.

angelcam disse...

Muito bom, muito lindo, Dedeu e Juca, irmãos e companheiros.

Juvencio de Arruda disse...

rs..é, além de tudo o Matrangolo é um excelente produtor musical.

Lafayette disse...

Juva, esta obra é bela. Lá no meu, que já havia postado esta semana passada, aproveitei e postei mais duas outras deste projeto "Song Around the World". Veja lá, coisa fina!

Marise, Stand By Me não é do John, é de Ben E. King, Jerry Leiber e Mike Stoller, tendo sido executada pelo primeiro. Ela é bem antiga, sua primeira "aparição" é do ínício dos anos 1960.

Em 75, John Lennon (by Yoko, blaargghhh - ôh, perdoe Senhor!) deu uma batida mais roqueira a música, que originalmente é ritimada num blues-black (John queria gravar assim, mas Yoko (blaargghhh - ôh, perdoe Senhor!) bateu pé (ela bate no peito até hoje - mentira, mas dá um ar de mais soberba a minha escrita sobre ela - dizendo que fez a diferença - blaargghhh - ôh, perdoe Senhor!).

Mas, a verdade é que, foi após a gravação do John que a música ficou conhecida mundialmente (ora, a letra é maravilhosa e a batida, inovadora pra época, mas, se John gravasse um peido, este peido iria ficar mundialmente conhecido), sem contar que depois de 75, John passou os seus 5 anos de "retiro mudical", assim a música foi pegando gosto.

Quando John voltou, voltou para ser assassinado, e, a música foi executada à exaustão:

"Se o céu que vemos lá em cima
Desabar e cair
Ou as montanhas desmoronarem no mar
Eu não chorarei, eu não chorarei
Não, eu não derramarei uma lágrima,
Desde que você fique
Fique comigo"

Daí, no consciente coletivo, "Stand By Me" ter ficado como uma música do John, ou, até mesmo, dos "The Beatles", o que não aconteceu (tem uma lenda urbana de que existe uma gravação de estúdio, com os Beatles tocando a música, ninguém nunca viu, ouviu e se encontrarem a porra da Yoko - blaargghhh - ôh, perdoe Senhor! - é capaz de barrar!)

Anônimo disse...

Nada sobre futebol mano?
Esquecido em Manaus

Juvencio de Arruda disse...

Falarei sobre o futebol amanhã, sempre lembrado de Manaus.
É que hoje não deu tempo...rs
Abs