14.4.09

Mais Problemas

A agência i9Mais, participante da licitação da prefeitura de Nova Déli, já foi comunicada oficialmente que não está em situação regular perante o Sindicato das Agências do Pará.

10 comentários:

Marcio Macedo disse...

Olá Amigos, retificando a nota a nota acima, venho informa que a i9 Mais Comunicação esta em situação totalmente regular com o Sindicato das Agências Pará. quem tive alguma dúvida vai o telefone do sindicato: 3225 0389 ou acesse o site www.sinapropa.com.br

e vamos trabalhar. porque como diz a nossa Bethe Cheirozinha estrela da nossa ultima campanha para o SBT, "tem que fazer reclame, Comercial"

Um abraço a todos.

Yuseff Leitão

Juvencio de Arruda disse...

Olá, Márcio/Youssef.

Cumprimento-o pela regularização da situação da empresa junto ao sindicato, embora, como diz o título do post, só siginificasse "mais problemas".
O Edital da licitação é bem claro ao informar - e não poderia ser diferente - que o certame seria regido pela Lei 8.666. Nela não h´pa qualquer vestígio de interdição à empresas não vinculadas a qualquer tipo de corporação.
Obrigado por sua atenção ao blog e seus leitores e boa sorte.
Abs

Yuseff Leitão disse...

´Caro amigo, Problema sempre vai ter, felizmente não poderia ser comunicado oficialmente porque não estou irregular, na verdade o que tenho de irregular é que o extintor do meu carro está vencido. valeu pela sua atenção amigo. te mandei um e-mail, mas este fica só pra gente.

abraços!

Yuseff Leitão

Juvencio de Arruda disse...

Perfeitamente, Youssef.
Abs

Anônimo disse...

Sei de um documento que o sindicato emitiu para uma agência interessada na licitação, o qual afirma, assinado pelo Oswaldo da OMG, que o I9mais não esta mesmo regular no sindicato. Já até li essa declaração. Como pode então o Sr. Yuseef dizer que é o só o extintor do carro que tá irregular? cuidado Yuseff por que onde ha fumaça ha fogo.

Oswaldo Chaves disse...

Juvêncio,
A Lei 8.106/ de 30 de dezembro de 2001, que regula a publicidade ao ar livre em Belém, classifica em seu Art. 2º como equipamentos de publicidade ao ar livre todos os elementos destinados aos anúncios móveis ou afixados nos logradouros públicos ou visíveis deste.
Assim, as propagandas em evidência hoje nos abrigos de ônibus em Belém com toda ceteza se enquadram nessa categoria.
Contudo, mesmo estando previsto na Lei 8.666/93 que a exploração de bem de uso público devem ser efeito de Licitação, em Belém não há notícia de procedimento nesse sentido.
Creio que o MP guardião da Lei deveria verificar essa questão, que parece pequena, mas deve estar engordando alguma conta bancária na cidade.
Creio que uma Representação fundamentada nas fotos das diversas placas afixadas nos abrigos é suficiente para explicações da gestão municipal, que deve está se utilizando dos artifícios da PERMISSÃO OU AUTORIZAÇÃO, que ao nosso ver são inaplicáveis ao tipo de exploração comercial.
Oswaldo Chaves

Juvencio de Arruda disse...

Boa tarde, Oswaldo.
Vou encaminhar seu comentário ao MPE. Obrigado.

Yléco disse...

A caixa de cerpa gold é minha!

Anônimo disse...

gente, santa inocência, agência nova no mercado nunca ganha. só as grande têm vez nessa terra de muros baixos!!!!

Anônimo disse...

Ganha sim das 3:38! A Vanguarda ganhou uma licitação no governo Edmilson Rodrigues com seis meses de idade e a Amazom ganhou outra no de Duciomar com menos tempo de fundação ainda.